Onde buscar por conhecimento e ideias inovadoras?

 

O mercado de trabalho atual é muito exigente em um importante quesito: inovação. Empresas são cada vez mais movidas a ideias que transformem o cotidiano, a relação das pessoas com um produto ou um serviço. E cada vez mais as corporações procuram profissionais que tenham essa capacidade de pensar e criar coisas novas, e que agreguem valor à empresa.

O conforto pode ser um problema em uma época de grande concorrência, quando a disputa por ideias é prática comum no mundo corporativo. Você tem um ótimo currículo acadêmico, boa formação complementar e agora, o que fazer para criar ideias? Não há fórmulas exatas para ser inovador, mas é possível construir um caminho sólido para ser um profissional criativo. Veja como fazer isso!

O caminho para a inovação

O primeiro passo é ser bem informado. O velho ditado que diz que informação é poder é mais do que relevante nos dias atuais: quem detém informação está sempre um passo à frente. Leia jornais, revistas, sites especializados, blogs, assine newsletters. Tenha todo esse material organizado e sempre atualizado.

Esse passo abre caminho para que você amplie o conhecimento sobre o seu trabalho e sobre o mercado em que sua empresa está inserida. Sem essa base, você não terá como avaliar as necessidades e urgências. Mas não fique preso ao setor em que atua.

Amplie seus horizontes

Aquela ideia inovadora, muitas vezes, surge de onde menos esperamos. Por exemplo, se você trabalha na indústria alimentícia, por que não acompanhar o setor químico? Não é preciso ser um expert em química, o importante é estar atento às novidades desse setor.

Ainda nesse aspecto, procure se enriquecer culturalmente. Livros, filmes e exposições são atividades que ajudam a arejar o cérebro e formar novas conexões. Em vez de ler um livro de um guru do marketing à noite, aproveite para ler um romance, ou a biografia de um gênio da inovação, como Steve Jobs.

É importante também colocar-se na posição do seu cliente. Se você presta um serviço, imagine como você gostaria que ele fosse, quais seriam as condições ideais que o fariam contratá-lo. Essa troca de papéis é importante para criar perspectiva, para analisar com um olhar mais crítico o que está sendo feito por você e o que pode ser feito para melhorar.

Uma ideia pode nascer da dúvida

Questione. Não importa se a dúvida pareça tola, pergunte. Elimine todos os entraves, todas as questões que estão à margem de um projeto. É nessa etapa que os problemas devem ser sanados e uma ideia inovadora pode fazer com que se alcance uma excelência no resultado final.

Esse comportamento deve se repetir com sua equipe. Promova brainstorms e peça para que todos tragam ideias, quaisquer que sejam elas — tudo é válido e nos ajuda a pensar fora da caixa. Os debates devem ser esclarecedores, amparados em perguntas que ajudem a compreender a ideia, a analisar vantagens e desvantagens. A própria equipe poderá classificar a ideia como viável ou não, se ela merece mais estudos ou se precisa ser recomeçada.

Nunca desperdice uma ideia, por pior que ela pareça naquele momento. Faça um banco de dados em que todas as propostas lançadas fiquem armazenadas e visite regularmente esse arquivo. Aquilo que não parece ser uma boa ideia hoje pode ser revolucionário amanhã.

Pronto para experimentar uma nova fase? Deixe seu comentário pra gente e conte como você tem feito para buscar sempre mais conhecimento!





Comentarios

Sem comentários ainda.

Seu navegador não suporta canvas

“O Conhecimento é Irreversível”

Acreditamos que quando a gente muda nossa maneira de ver as coisas, somos capazes de mudar o contexto ao nosso redor: nossas relações, nosso trabalho e nossa vida.

O conhecimento é o grande catalizador desta mudança: tem o poder de nos tornar diferentes, mudar a nossa consciência e nos transformar.

INDIQUE UM CURSO